Postagem em destaque

CONHEÇA A CÂMARA EXTERNA DA ORDEM ROSACRUZ, AMORC

Caro Buscador, Seja bem-vindo à Câmara Externa da Antiga e Mística Ordem ROSACRUZ, AMORC! Esta modalidade de aproximação...

domingo, 26 de fevereiro de 2017

ANJOS - ANGEOLOGIA


A Angeologia é o tema mais fascinante das ciências esotéricas. Ela está baseada na ideia de que D-us está presente em tudo e em todos, principalmente nas coisas mais simples da vida.

A palavra ANJOS vem do hebraico Melachim, que significa Mensageiros ou Emissários do Rei e isso quer dizer que os Anjos são os Mensageiros de D-us.

Está escrito em Exodos 23:20-21 " Meu Anjo andará diante de vós; observai-o, pois ele leva em sí Meu Nome".


Eles representam a energia e a pureza do conhecimento de D-us e são seres puramente espirituais (por isso não tem sexo), dotados de inteligência, vontade e poderes especiais emanados do próprio D-us.

Estão livres das limitações da matéria, são incorpóreos e imortais. Mais perfeitos que os homens, sua inteligência é inerente e sua vontade imensamente poderosa. Simbolicamente são alados para nos mostrar  com qual velocidade levam nossos pedidos e de toda humanidade até D-us, mas na realidade Eles são formas ou blocos de energias que podemos usar de acordo com nosso conhecimento.


É a velocidade do pensamento amoroso, sua maior manifestação. Os anjos se comunicam com a gente através de sonhos, pela própria intuição ou através de acontecimentos que nos parecem casuais e que nos trazem a mensagem tão esperada... Porém, os anjos não interferem diretamente em nossa vida no mundo físico.

Estas maravilhosas criaturas espirituais podem se manifestar em nossa vida, usando todos os tipos de artifícios necessários, para que entendamos os seus "sinais". Eles nos mandam mensagens constantemente, basta apenas estarmos atentos e conectados.


Assim como estamos presos à Terra pelas leis da gravidade e não podemos ficar suspensos no céu, os Anjos também tem dificuldades para ficar conosco na Terra. O que dá consistência para sua permanência é a luz ou energia de nossa aura. De uma forma mais simples, poderíamos dizer que a aura é para o Anjo o mesmo que o oxigênio é para nós.

Quando fazemos uma oração, nesse momento nossa aura muda de cor e é isso que ele compreende. Quando oramos nossa aura torna-se azul ou verde, quando abraçamos uma pessoa querida, ela fica cor de rosa, quando estamos felizes nossa aura é de um azul brilhante ou lilás e isto ele compreende como força que é atraído.

Se estamos bem, automaticamente são reforçadas nossa simpatia e presença. Quando estamos tristes ou deprimidos nossa aura diminui e o Anjo não atua, dando força ao nosso Anjo Contrário. Isso nos faz antipáticos.

Fonte: Módulo II - Kabbalah Prática / os Nomes Sagrados de D-us

Próximo estudo: Os Anjos Contrários



Nenhum comentário:

Postar um comentário