Postagem em destaque

CONHEÇA A CÂMARA EXTERNA DA ORDEM ROSACRUZ, AMORC

Caro Buscador, Seja bem-vindo à Câmara Externa da Antiga e Mística Ordem ROSACRUZ, AMORC! Esta modalidade de aproximação...

segunda-feira, 4 de junho de 2018

ESOTERISMO


 Do grego, Esoterikos = Interior. Em português, Esotérico. Qualificação dada nas escolas dos antigos filósofos, à sua doutrina secreta, reservada apenas aos iniciados.

O que podia ser revelado ao público em geral, era chamado Exotérico =  Exterior.
A palavra Esoterismo é o substantivo, como o Cristianismo, o Budismo, o Espiritismo etc.

Desde a mais alta antiguidade, quando surgiram as primeiras grandes civilizações do mundo, os sábios desses povos, já cultivavam a ciência da mente e investigavam as leis não conhecidas da natureza e os poderes latentes no homem.


Naquele distante período da história da humanidade, entre os anos, 3.000 e 2.000 antes de Cristo, os sábios daquelas civilizações, quase todos os sacerdotes, já tinham alcançado vasto conhecimento das ciências Esotéricas e desenvolvido os mais variados poderes paranormais.
Naquela época os lideres espirituais já faziam nítida distinção entres os conhecimentos ou dogmas, que poderiam ser passados ao povo em geral, os mantendo na ignorância, e os Esotéricos, reservados apenas aos iniciados, após gradativa e longa iniciação, com provas as mais austeras e difíceis, em que muitos tombavam pelo caminho e eram reprovados.

O Hierofante era o sacerdote que presidia os mistérios, iniciava os neófitos dentro das pirâmides ou templos, e interpretava as escrituras reveladas e as coisas sagradas.
Um dos mais famosos Esoteristas ou Hierofante do Egito antigo, foi Hermes, que os gregos atribuíram o título de Trismegisto ou três vezes grande, nasceu em Tebas, capital do Médio Egito, por volta do ano 1400 antes de Cristo. Ele foi o grande sistematizador de todo o conhecimento e sabedoria do seu tempo, e fez rígidas exigências do que poderia e do que não poderia ser revelado ao público. Do seu nome surgiu a palavra Hermetismo, semelhante ao ocultismo, ao esoterismo e a alquimia, também a palavra hermético, que significa fechado.


Moisés foi contemporâneo de Hermes. Não existe nenhum registro histórico, mas é bem provável que Moisés o conheceu, pois ele foi iniciado pelos mestres egípcios, desenvolvendo inúmeros poderes paranormais, principalmente o da mediunidade de efeitos físicos, que ele usou posteriormente para tirar o seu povo do Egito e conduzi-los para a famosa Terra Prometida.

Então os Mestres da Grande Fraternidade Branca Universal, recolheram os ensinamentos Divinos quer foram usados e que ficaram desaparecidos por mais de 2.000 anos.


Nos últimos 200 anos, surgiu o Esoterismo moderno, que não está mais fechado nos punhos de um mestre ou de uma casta sacerdotal, e sim, aberto a todos os que têm olhos para ver e mentes para compreender, cujos seguidores não aceitam mais a fé cega e os dogmas rígidos e ultrapassados das religiões formais.

O propósito do Esoterismo moderno é buscar a união da filosofia oriental à magia do ocidente e ao mentalismo do novo mundo. É equilibrar a Fé com a Razão, para ser possível também equilibrar e harmonizar a Ciência com a Religião.

Fonte: Círculo Esotérico da Comunhão do Pensamento



Nenhum comentário:

Postar um comentário