Postagem em destaque

CONHEÇA A CÂMARA EXTERNA DA ORDEM ROSACRUZ, AMORC

Caro Buscador, Seja bem-vindo à Câmara Externa da Antiga e Mística Ordem ROSACRUZ, AMORC! Esta modalidade de aproximação...

domingo, 31 de julho de 2016

ESTUDO DA CABALA (15ª semana) QUARTO PRINCÍPIO ESPIRITUAL DA CABALA

30/07 a 07/08/2016

A TEORIA DA REATIVIDADE 

"Todos pensam em mudar o mundo, 
mas ninguém pensa em mudar a si mesmo". - Leo Tolstoi 

"Mude a si próprio e você mudará o Mundo".

"Eu queria mudar o mundo. 
Mas descobri que a única coisa que alguém 
pode ter certeza de mudar é a si mesmo. - Aldous Huxley 

Quando olhamos para o âmbito do 99 %, descobrimos quatro atributos chaves que herdamos da Luz e que precisamos expressar em nosso mundo para eliminar o Pão da Vergonha. 

São: 
1. Ser a Causa 
2. Ser Criador 
3. Estar em Controle
4. Compartilhar 

Em nosso mundo físico, essas quatro qualidades se unem numa única característica, diretamente relacionada com o comportamento humano: PROATIVO! 

Além disso, todas as características do Receptor — isto é, da humanidade — podem ser expressas com uma única palavra: REATIVO! 

Reativo significa:
 • 1. Ser o Efeito
 • 2. Ser uma Entidade Criada 
• 3. Ser Controlado por Tudo 
• 4. Receber 


Em termos bem simples, a missão do Receptor é se transformar de uma força reativa em uma força proativa. 

Agora, veja só: Este é objetivo final da vida; A razão de nossa existência; O sentido de nossas vidas; Este é o caminho de volta para casa; A rota para a plenitude infinita; O segredo para eliminar o Pão da Vergonha; E a verdadeira definição do termo transformação espiritual. 

Desvelamos agora o Quarto Princípio da Cabala:
 O objetivo da vida é a transformação espiritual, passar de reativo para proativo. 


ANALISANDO A TEORIA DA REATIVIDADE 

• Quando reagimos a qualquer situação e eventos externos em nossas vidas, somos meramente um efeito, e não a causa; somos reativos, não proativos.
• Se vivemos nossas vidas sem qualquer crescimento pessoal ou mudança de natureza, não criamos novos níveis de existência espiritual para nós mesmos. 
• Quando permitimos que forças exteriores influenciem nossos sentimentos, positivos ou negativos, abrimos mão do controle. 
• Quando exibimos comportamento egocêntrico ou autocentrado, não estamos compartilhando, mas, ao contrário, estamos recebendo gratificação para o ego. 

Reflita bem sobre isto.


UM BIG BANG ESPIRITUAL 

Toda vez que reagimos na vida, seja com raiva ou com prazer, toda vez que nos comportamos reativamente, negamos a Natureza Divina que herdamos. Nossa alma repete então o ato original de Resistência e pára o fluxo de Luz. Uma versão espiritual do Big Bang é mais uma vez executada. Metaforicamente, mais um pano é lançado sobre a lâmpada. A vida fica mais escura. E é neste ponto que o prazer se esgota. O entusiasmo nos deixa. A carga se vai. É por isso que nos sentimos tão mal depois que reagimos e explodimos com raiva contra nossa família. A gratificação ou o prazer que recebemos não foi criado através de nossos próprios esforços proativos. Alguma coisa externa foi responsável por nossa satisfação. 

 Da mesma forma, se alguém nos faz um elogio e isto nos faz sentir melhor a respeito de nós mesmos, a outra pessoa é a causa, e nós somos apenas o efeito. Nossa felicidade será apenas temporária. Nossa alma é obrigada a reprisar o ato de Resistência e cortar a Luz para evitar o Pão da Vergonha. O resultado final é a escuridão.


 UMA ALTERNATIVA ESPIRITUAL 

Há uma outra opção disponível para nós, que previne o acontecimento de "big bangs espirituais" em nossa vida. A Cabala chama essa opção de Resistência.



 A LONGA FILA DE SUPERMERCADO DA VIDA 

Na próxima vez em que você se encontrar preso em uma longa fila do caixa eletrônico, do engarrafamento ou na caixa de um supermercado, resista ao seu ímpeto de reagir. Não fique frustrado. Não fique impaciente. Não fique zangado. A fila está ali para testá-lo, e para lhe dar a oportunidade de não reagir. Mas se por acaso você reagir, a situação o controla. A situação se torna a causa, e você é o efeito. 

 Lembre-se sempre que a razão para não reagir à longa fila no supermercado, ao motorista louco que lhe dá uma fechada na estrada, ou ao cunhado que lhe provoca grande irritação, não tem nada a ver com ser educado. Nem tem a ver com moral, ética ou qualquer outro princípio altruístico. Tem a ver com você, como quando se diz, e o que você leva nisto?

O propósito da Resistência é conduzir para mais próximo da Luz, a fim de que se possa receber. Então, pare seu desejo reativo de pensar constantemente em si mesmo — não por isto ser moralmente bom, mas porque a transformação serve ao seu próprio interesse. Cada um de nós tem o poder de trazer plenitude para a própria vida, transformando a sua natureza. Quando um número suficiente de pessoas atingir este nível, o mundo será inundado com uma infusão inimaginável de Luz.



Fonte: O Estudo da Cabala - Maria Diva Ogeda - SRC
Aguarde próxima semana:
QUINTO PRINCÍPIO ESPIRITUAL DA CABALA
TRANSFORMAÇÃO ESPIRITUAL 
Leia também:
O TERCEIRO PRINCÍPIO ESPIRITUAL DA CABALA
Semanas 1ª a 14ª



Nenhum comentário:

Postar um comentário