Postagem em destaque

CONHEÇA A CÂMARA EXTERNA DA ORDEM ROSACRUZ, AMORC

Caro Buscador, Seja bem-vindo à Câmara Externa da Antiga e Mística Ordem ROSACRUZ, AMORC! Esta modalidade de aproximação...

sábado, 3 de dezembro de 2016

A PEDRA BRUTA - Adílio Jorge Marques, F.R.C.

                       

                     Adílio Jorge Marques, F.R.C. 

  

A imagem da pedra, principalmente quando de grandes dimensões, provocou sempre a admiração e o espanto do ser humano. Constituindo a Arquitetura uma das bases do simbolismo tradicional, a pedra nele ocupa abundante representação. A  Pedra Bruta é o emblema da pedra informe e irregular que desbastam os Irmãos Aprendizes ou Neófitos desde sua iniciação. É o símbolo da idade primitiva e, por conseguinte, do homem sem instrução e em estado natural, bruto em essência, necessitado de mais Luz e conhecimentos para melhor servir.  A Pedra bruta é a imagem da alma do profano antes de ser instruído nos Mistérios e figura entre os objetos emblemáticos que devem ser representados sempre nos primeiros graus. Os trabalhos dados aos Aprendizes têm por objetivo demonstrar ao novo Iniciado a escravidão em que vive, despertando em seu coração o sentimento de sua própria dignidade e incentivando-o ao estudo da Verdade.


Aqueles que se encontram na Senda devem sempre lutar contra os inimigos naturais e internos do próprio homem que são: as paixões mundanas, a luta contra os hipócritas, os perjuros, os fanáticos e os ambiciosos, e os que especulam com a ignorância e o obscurantismo, buscando combate-los com vigor. Esta é a antiga batalha entre a Luz e as trevas, travada desde sempre dentro e fora da Alma humana e tornada histórica pelos antigos Cavaleiros, representantes da busca do Graal, mas que lutam neste mundo para toma-lo a si renovado pela Luz Crística.  Com este trabalho, o Aprendiz ou Neófito passa das trevas para a Luz durante a jornada mística de sua vida


No simbolismo antigo via-se comumente uma Pedra Bruta, sem forma definida, colocada no caminho do Iniciado na entrada e junto de uma das duas colunas do Templo

Tão logo o novo Irmão tivesse recebido a primeira fresta de Luz dos Mistérios, o Mestre de Obras representante dos Trabalhos iniciáticos da corporação completava a instrução acompanhando-o então até a citada Pedra Bruta onde, entregando-lhe o Malho, ensinava-lhe a dar os golpes misteriosos com os quais deveria chamar no futuro às portas dos Templos, explicando-lhe ao mesmo tempo o seu significado Crístico: busca e encontrarás; chama e te abrirão; peça e te darão


Ordem Rosacruz, AMORC:
Rua Nicarágua, 2620 - 
82515-260 – Curitiba – PR.
Tel:(41)3351-3000  
www.amorc.org.br 
/ E-mail: rosacruz@amorc.org.br
Divulgação R+C Jequié
obuscador.divulga@gmail.com


Nenhum comentário:

Postar um comentário