Postagem em destaque

CONHEÇA A CÂMARA EXTERNA DA ORDEM ROSACRUZ, AMORC

Caro Buscador, Seja bem-vindo à Câmara Externa da Antiga e Mística Ordem ROSACRUZ, AMORC! Esta modalidade de aproximação...

quarta-feira, 21 de dezembro de 2016

CELEBRANDO CHANUCÁ - 25/12/2016 a 01/01/2017

 

25 de Kislêv a 2 de Tevet, 5777

25 de dezembro, 2016
a 01 de janeiro de 2017

Chanucá significa literalmente, “Inauguração”.


Chanucá comemora a reinauguração do Templo Sagrado de Jerusalém, após a vitória dos macabeus. É celebrada durante oito dias através do acendimento da menorá que lembra os milagres ocorridos. Apesar de serem considerados dias normais de trabalho, todos os sinais de tristeza devem ser evitados.

As luzes são acesas toda noite durante os oito dias de festa.


A partir do vigésimo quinto dia de Kislev, são observados oito dias de Chanucá, durante os quais não são feitas eulogias (coisas bentas) e o jejum não é permitido. Pois quando os gregos entraram no Santuário, profanaram todos os azeites [usados para acender a Menorá]. E quando a Casa Hasmoneana prevaleceu e os derrotaram, eles procuraram e encontraram apenas uma ânfora de azeite com o selo do Cohen Gadol – e esta jarra tinha azeite suficiente para queimar um dia. Mas ocorreu um milagre e o azeite ardeu durante oito dias.

No ano seguinte, os Sábios designaram estes oito dias como uma festa, com canções de louvor e agradecimentos.

O Talmud declara que os dias foram designados para “prece e agradecimento”.  Cumprimos a obrigação de “louvor” .

Com  preces matinais em todos os oito dias de Chanucá. 
A obrigação de “agradecimento” é cumprida com  prece de Graças Após as Refeições 








Nenhum comentário:

Postar um comentário