Postagem em destaque

CONHEÇA A CÂMARA EXTERNA DA ORDEM ROSACRUZ, AMORC

Caro Buscador, Seja bem-vindo à Câmara Externa da Antiga e Mística Ordem ROSACRUZ, AMORC! Esta modalidade de aproximação...

domingo, 23 de outubro de 2016

TERRA E HUMANIDADE SÃO UMA SÓ



Terra e Humanidade são Uma Só

                                                Christian Bernard, FRC


Lembremo-nos que a Terra que povoamos hoje 
existe há mais de quatro bilhões de anos,
 que o homem, como tal, 
surgiu há cerca de três milhões de anos 
e que em menos de um século a colocou em perigo.

Lembremo-nos que dois terços de nosso planeta 
são cobertos por mares e oceanos, 
que nosso próprio corpo é composto por 75% de água 
e que não podemos sobreviver sem ele.

Lembremo-nos que as florestas são os pulmões da Terra,
que elas produzem o oxigênio que nós respiramos,
que sem elas não haveria atmosfera
e que, portanto, não haveria vida.

Lembremo-nos que os animais viviam em nosso planeta
 milhões de anos antes da aparição do homem,
que a sobrevida da Humanidade depende deles
e que eles são seres inteligentes e sensíveis.


Lembremo-nos que todos os reinos da Natureza 
são interdependentes, que não há vazio ou fronteira 
entre eles e que eles são, cada qual em seu nível 
e sob formas diferentes, dotados de consciência.

Lembremo-nos que a Terra está rodeada 
por uma aura magnética 
resultante das energias naturais 
que lhe são próprias e que esta aura, 
combinada com a atmosfera, participa da vida.

Lembremo-nos que a existência do nosso planeta
não é fruto do acaso ou de um conjunto de circunstâncias, 
mas que faz parte de um Plano concebido
e posto em prática por essa Inteligência Universal
a que chamamos "Deus".

Lembremo-nos que a Terra não é apenas um planeta 
que permite que os seres humanos vivam, 
mas que também é o meio pelo qual suas almas 
podem encarnar para cumprir sua evolução espiritual.


Lembremo-nos que nosso planeta é uma obra-prima 
da criação, que embora não seja único no Universo, 
não deixa de ser uma raridade e que é um grande privilégio
 para a Humanidade habitá-lo.

Lembremo-nos que a Terra não nos pertence, 
que ela foi posta à nossa disposição 
para o tempo de nossas vidas e que ela 
é o mais precioso dos patrimônios 
que podemos transmitir às gerações futuras.

Lembremo-nos que não temos nenhum direito 
perante nosso planeta, mas apenas deveres: 
respeitá-lo, preservá-lo, protegê-lo... 
Em uma só palavra: amá-lo.

Lembremo-nos disso. 
Lembremos também nossos filhos, 
e façamos nossa a seguinte fórmula:

Terra humanitas que una sunt.

Terra e Humanidade são Uma Só.







Nenhum comentário:

Postar um comentário